O procedimento de reconstrução de mamas é recomendado na grande maioria das vezes em casos de mastectomia e pode ser realizada através de diferentes técnicas, dependendo do tamanho e localização do tecido removido. Assim a técnica ideal será determinada por cada situação sendo que mais aplicadas são as que utilizam o próprio tecido da mama para reconstituição, os chamados retalhos locais associados ou não aos implantes de silicone.

Outra técnica é o uso de expansores cutâneos que podem trazer resultados bastante satisfatórios principalmente em casos de reconstrução de mama imediata.

O processo de reconstrução das mamas pode ser realizado na mesma cirurgia de mastectomia, ou mais tarde, neste caso, é importante primeiro a avaliação bem como a liberação, por parte de um oncologista. Nas reconstruções tardias de mama, utilizam-se retalhos musculocutâneos como o retalho TRAM (abdominal) ou o Grande Dorsal (dorso) associado ao implante de silicone. Além disso existem técnicas específicas para reconstrução do mamilo e aréola.

O Dr. Guilherme Graziosi ressalta que esse tipo de cirurgia é fundamental para devolver a autoestima aos pacientes que passaram por uma cirurgia de mastectomia.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?