Esta intervenção é recomendada para pacientes as quais os seios apresentam flacidez e queda, seja por envelhecimento, variação de peso ou amamentação.

O procedimento pode incluir ou não colocação de silicone. No primeiro caso, o silicone serve para preencher os espaços vazios. É o caso da ptose por envelhecimento, onde há atrofia de estruturas e o silicone ajudará a devolver o formato e a sustentação da mama.

No segundo caso, é removido o excesso de pele e, muitas vezes, gordura e as glândulas e em seguida é feito o reposicionamento mamário. O tipo de anestesia utilizada é geral. Essa cirurgia que dura entre 2 a 4 horas, sendo necessária de internação de 24 horas.

O cirurgião plástico Dr. Guilherme Graziosi, afirma que a recuperação depende bastante dos cuidados da paciente, que não deve fazer esforço físico principalmente com os braços nos primeiros dias após o procedimento. Mas que o resultado compensa, pois o reposicionamento garante mais simetria entre os seios, e devolve a naturalidade feminina.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?