É o nome mais comum usado para referência à toxina botulínica, produzida pela bactéria Clostridium botulinum, que, purificada industrialmente e aplicada em pequenas doses em determinadas áreas do rosto promove efeito tensor.

Os resultados são suavidade das linhas de expressão e rugas do rosto, causadas por fatores diversos como envelhecimento natural, exposição solar, tabagismo e má alimentação.

Para as linhas de expressão o principal fator é a contração natural dos músculos faciais. Estas alterações podem aparecer na testa, espaço entre sobrancelhas, em torno dos olhos (pés de galinha), sulcos entre o nariz e a boca (bigode chinês), entre outras.

A injeção da toxina botulínica nessas áreas causa bloqueamento neuromuscular, limitando parcial ou totalmente a contração muscular.
Geralmente são aplicados anestésicos tópicos antes das aplicações que não deixam cicatrizes. Os efeitos são transitórios e são necessárias novas aplicações periodicamente, no intervalo de alguns meses, para manutenção desses efeitos.

Apesar de ser um procedimento simples e corriqueiro, o Dr. Guilherme Graziosi recomenda que a decisão para as aplicações de Botox seja tomada após avaliação, em conjunto com o cirurgião plástico.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?