Também chamada dermolipectomia, trata-se da retirada de tecido adiposo ou de pele do abdômen. Essa cirurgia visa remodelar o abdômen, ao remover a gordura acumulada sob o umbigo e ajustar a cinta muscular frouxa que sofreu abaulamento flácido devido a efeitos de alternância de peso (efeito sanfona), gravidez ou envelhecimento.

Esta cirurgia pode ser associada à lipoaspiração, quando além do excesso de pele, houver excesso de gordura acumulada.

A anestesia mais recomendada é a geral, e em alguns casos peridural, com tempo de duração que pode variar de noventa minutos a três horas, com o maior tempo estimado para o caso de associação como lipoaspiração.

Os resultados podem se observados logo após a cirurgia, afirma o cirurgião plástico Dr. Guilherme Graziosi, que ressalta também a importância do uso de cinta elástica após o procedimento pelo período de três mêses, associado a drenagem linfática, com a finalidade de melhorar a postura e conter o edema pós-cirúrgico.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?